como pagar o INSS atrasado

Saiba como pagar o INSS atrasado e evitar problemas no futuro

Você sabe como pagar o INSS atrasado? Essa pode ser uma ótima maneira de complementar o seu tempo de contribuição e adiantar a sua aposentadoria!

É importante saber quem pode pagar o INSS em atraso, porque não são todos os contribuintes que têm essa obrigação. Também é fundamental saber que, para fazer esse acerto, é preciso seguir as regras e cumprir requisitos para não pagar o valor em vão.

Selecionamos algumas informações importantes sobre o assunto neste texto. Aqui, vamos mostrar como pagar o INSS atrasado e como fazer o cálculo desse valor. Acompanhe!

Quem pode pagar o INSS em atraso?

A primeira categoria que pode pagar o INSS em atraso é o segurado facultativo, ou seja, aquelas pessoas que não têm obrigação de contribuir para a Previdência mas querem garantir os benefícios e serviços com a contribuição. Quem contribuiu por essa categoria pode fazer o recolhimento atrasado, desde que esse atraso seja inferior a 6 meses. Para períodos maiores, somente é possível recolher como contribuinte individual.

Os contribuintes individuais são os trabalhadores autônomos, e eles têm a obrigação de fazer os recolhimentos do INSS. Essa categoria pode fazer o pagamento atrasado de qualquer época, mas deve seguir alguns requisitos. Para os segurados que já são cadastrados como contribuintes individuais e o atraso é dos últimos 5 anos, não é necessário que se faça a comprovação do trabalho, ou seja, basta fazer os cálculos — como será explicado mais à frente — e realizar o pagamento.

No entanto, se o atraso é anterior a 5 anos, se o segurado nunca fez recolhimentos como contribuinte individual ou se quer fazer o pagamento de parcelas anteriores ao registro no INSS, é preciso comprovar o trabalho.

Quem não precisa pagar atrasado

Alguns segurados não precisam pagar o INSS em atraso para ter o seu tempo de contribuição contado, ou seja, só é necessário comprovar que estava realizando uma atividade remunerada no período. Alguns exemplos são:

  • trabalhadores autônomos que prestaram serviço para Pessoa Jurídica;

  • trabalhadores rurais em atividades anteriores a 1991;

  • empregados informais sem registro na carteira.

Nesses casos não é necessário pagar os valores atrasados, somente comprovar a atividade e esse tempo de contribuição será considerado para qualquer benefício, inclusive a aposentadoria. Também está nessa situação quem trabalha com a carteira assinada mas a empresa não recolheu as contribuições.

Quais documentos são necessários?

Essa é uma das maiores dúvidas dos segurados em relação a como pagar o INSS atrasado: quais são os documentos necessários? Como dito, aqueles que não precisam comprovar a atividade só precisam imprimir as guias e fazer o pagamento. Contudo, os segurados que precisam comprovar que exerciam alguma atividade devem ter provas documentais. Para isso, basta comparecer a uma Agência da Previdência Social (APS) e fazer um requerimento para regularizar as contribuições.

Geralmente os documentos necessários são:

  • recibos da prestação de serviço da época em atraso;

  • declaração do imposto de renda;

  • inscrição em algum órgão de trabalho.

Dependendo da atividade, o INSS pode requerer outros documentos para ser feita a comprovação, e é muito importante fazer isso antes de pagar qualquer valor em atraso, para não perder o dinheiro investido. Comprovando a atividade, o próximo passo é calcular o valor em atraso e gerar as guias para pagamento, como será explicado a seguir.

Como calcular o valor devido em atraso?

Para calcular o valor em atraso e gerar as guias é simples: basta acessar o Sistema da Receita Federal e preencher os dados pedidos, como categoria e NIT. Depois, é preciso preencher todas as competências (mês e ano) e o salário de contribuição de todo o período que está em atraso. Por fim, basta confirmar e gerar a guia para pagamento, que pode ser quitada em qualquer banco.

Se o segurado não tem acesso à internet, o cálculo e a emissão da guia podem ser feitos em uma APS, e os mesmos dados devem ser fornecidos.

Agora que você sabe como pagar o INSS atrasado, é fundamental fazer um planejamento previdenciário com um advogado especializado, calculando o tempo de contribuição e o salário de benefício para verificar a melhor hora de se aposentar.

Se você gostou deste texto, não deixe de nos seguir nas redes sociais — Facebook e LinkedIn!

Quer receber mais conteúdos como esse gratuitamente?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.