Atualmente, a aposentadoria é uma das maiores preocupações dos trabalhadores brasileiros. Afinal, um projeto da Reforma da Previdência que tramita na esfera política pretende modificar a legislação atual.

Caso isso ocorra, novas dúvidas surgirão e, com elas, a necessidade de orientações adequadas para que todo o procedimento seja ágil e satisfatório. Se você já está planejando a sua aposentadoria mas ainda tem muitas perguntas e não sabe por onde começar, este post será muito útil.

Nele vamos explicar os motivos pelos quais contratar um advogado para o processo de aposentadoria pode ser um grande passo para facilitar sua vida. Não perca essa chance!

Acompanhe!

Por que recomendamos um advogado previdenciário

Bem, primeiramente, vamos deixar claro que a contratação de um advogado para realizar seu pedido de aposentadoria não é uma medida obrigatória — isso pode ser feito sem o auxílio desse profissional.

No entanto, graças a algumas particularidades técnicas — como os cálculos e a revisão dos benefícios, por exemplo — a ajuda pode ser essencial.

Os advogados previdenciários são especialistas no assunto e conhecem todas as etapas, as regulamentações e as documentações que serão exigidas para o bom andamento da sua solicitação.

Por isso, vale a pena avaliar a possibilidade de adquirir o serviço. Antes, no entanto, não deixe de tomar algumas precauções. Confira dicas nos tópicos a seguir.

Quais critérios você deve ter para contratar um advogado

Tem sido comum nos noticiários os relatos de casos de golpes relacionados ao pedido de aposentadoria. Existem pessoas mal intencionadas abusando da ingenuidade e da falta de conhecimento dos clientes para efetuar transações fraudulentas em nome dos aposentados e pensionistas.

É para evitar esse tipo de transtorno que você deve ficar atento a algumas orientações antes de fechar um acordo. Confira essas sugestões:

  • informe-se sobre seus direitos. Leia sobre o assunto ou pergunte para quem entende do tema o que você deve fazer e como proceder para iniciar seu processo. Compreenda que, quanto mais informação, menor será a possibilidade de você ser enganado;

  • se optar por contratar um profissional, procure conhecer seu histórico e sobre o índice de satisfação de outros clientes que ele já atendeu. Uma indicação aprovada por alguém é sempre uma opção melhor do que um desconhecido;

  • o Cadastro Nacional de Advogados é um sistema de dados que armazena as informações profissionais de todos os inscritos na Ordem de Advogados do Brasil (OAB). Não deixe de realizar uma consulta e de certificar-se da inscrição do seu contratado;

  • durante sua consulta aproveite a oportunidade para tirar todas as suas dúvidas. Essa também é uma chance de avaliar a disponibilidade e o empenho do seu advogado na resolução da sua demanda.

O que você deve saber sobre os honorários

Já falamos sobre a relevância de um apoio profissional, das precauções que precisam ser providenciadas e de como você deve agir para que tudo corra como o esperado. Agora, precisamos comentar sobre os honorários. Você sabe do que se trata? Não? Tudo bem. Vamos esclarecer algumas coisas neste tópico.

Os honorários advocatícios correspondem aos valores que serão cobrados pelos serviços do seu advogado. Afinal, assim como qualquer profissional, os advogados cumprem suas tarefas baseados em uma tabela de preços preestabelecidos por cada seccional da Ordem.

Geralmente, as ações previdenciárias geram custos de, no mínimo, 20% do valor da causa — esse teto pode variar até 50%. Essas práticas serão tabeladas de acordo com cada estado e devem levar em conta outros aspectos — como referência de mercado e qualidade do trabalho desenvolvido.

O contrato a ser firmado deve contemplar e ser combinado entre as partes envolvidas. Sugerimos que você assine um documento físico formalizando o acordo e que também observe a transparência do profissional quanto à estipulação dos valores e dos possíveis encargos extras.

Não se iluda com promessas de êxito garantido e nem se deixe enganar pela cobrança de tarifas abusivas. Se esse for o momento certo da sua aposentadoria, não haverá problemas, esse é um direito seu. Segundo, como já foi dito, os preços são determinados pela legislação da categoria.

Outro ponto que merece atenção são os profissionais muito baratos — desconfie sempre! Se você já sabe o que precisa para não cair em propaganda enganosa ou nas mãos de pessoas com má-fé, é hora de pôr em prática seu conhecimento.

Como não ser mais uma vítima das fraudes

Nunca é demais alertar: mesmo tomando as devidas precauções você pode ser vítima de criminosos — afinal, isso tem sido recorrente. É justamente por esse motivo que estamos repassando essas informações.

Nossas observações quanto ao cuidado na hora da contratação de um advogado é para que você possa encontrar o melhor profissional — alguém apto, honesto, competente e que não queira lhe trazer problemas.

Afinal, a apropriação indébita de valores e a falsificação de documentação são crimes mais comuns do que pensamos quando se trata dos processos de aposentadoria. Por isso, não compactue com pessoas que sugerem um modo de burlar o sistema.

Não use identidade falsa para mentir sobre a sua idade — isso é crime de falsidade ideológica. Estranhe se o advogado receber ou cobrar como pagamento todo o benefício que lhe é de direito, isso também não está previsto legalmente.

No entanto, se ainda assim você estiver desconfiado ou for enganado, não se preocupe. Se tiver sido vítima de um advogado, registre a ocorrência na própria OAB — o Conselho de Ética do órgão realizará uma apuração dos fatos e, consequentemente, tomará alguma decisão.

Há também as delegacias de polícia prontas para atendê-lo e realizar as devidas investigações. Se você foi lesado, não deixe de tomar providências. Sua ação será importante para prevenir que outros sejam ludibriados.

E então? Já está pronto para começar a planejar essa nova etapa da sua vida? Demorou, mas finalmente chegou a sua vez de aproveitar longos dias de descanso e lazer mais perto da sua família. Além disso, não há nada melhor do que tudo correndo bem e sem estresse.

Esperamos que você tenha compreendido o valor de contratar um advogado para o processo de aposentadoria e que tenha se interessado pela possibilidade de desfrutar da praticidade e da comodidade que isso lhe proporcionará.

Curtiu este artigo? Gostaria de acompanhar nossos conteúdos e saber mais sobre o tema? Curta nossa página no Facebook e fique por dentro de tudo!