Ter uma rotina saudável é fundamental para manter um bom condicionamento físico e emocional em qualquer fase da vida. A chegada da terceira idade não é sinônimo de descuidar da saúde ou de criar uma nova rotina saudável.

Pelo contrário, a prática de exercícios físicos ajuda a prevenir doenças, dá mais agilidade e funcionalidade para os membros do corpo, aumenta a longevidade, reduz riscos de queda, traz independência e, principalmente, amplia a convivência social.

Ao pensar em práticas regulares de atividade física, é fundamental saber o estilo de atividades que a pessoa gosta de desenvolver e não se limitar. Aposentar e entrar na terceira idade não quer dizer que o indivíduo seja forçado a fazer atividades mais calmas. Para quem gosta de agilidade, saiba tem opções para todos os gostos.

Por isso, no post de hoje conheça algumas sugestões de exercícios para aposentados e saiba como aproveitar a vida depois da aposentadoria. Confira!

Exercícios para aposentados que podem melhorar a qualidade de vida

1. Hidroginástica e natação

Exercícios físicos que envolvem água são ótimos para a segurança dos idosos e para evitar lesões. A hidroginástica é aconselhada para os idosos por desenvolver condicionamento cardiovascular por meio da musculação. Com a ajuda da água cresce também a flexibilidade, coordenação motora e o equilíbrio do idoso.

A natação também trabalha a coordenação motora e desenvolve força, mas aumenta o ritmo da respiração. Em qualquer modalidade (crawl, mergulho, entre outros), o idoso desenvolverá de forma global a musculatura do corpo.

2. Pilates e ioga

O pilates e a ioga são duas atividades mais calmas que trabalham a musculatura e a paciência do idoso. O pilates ajuda a mobilidade articular, pois os exercícios melhoraram a lubrificação das articulações, evitando possíveis dores e facilitando a capacidade diária do idoso em realizar diferentes movimentos. O indivíduo fortalece a musculatura da coluna e abdômen e, consequentemente, melhora a postura e traz um melhor alinhamento corporal para a estabilidade ao caminhar.

A ioga é um exercício isométrico e de sustentação do corpo contra a gravidade, por isso fortalece os ossos, evitando a osteoporose. Oferece relaxamento e a capacidade de concentração e memória, pois provém de meditações, concentração nos movimentos e respirações. Portanto, os benefícios são a diminuição da ansiedade, redução do estresse, equilíbrio da pressão arterial e aumento da memória e concentração. Um ótimo exercício para aposentados!

3. Caminhada e corrida

Caminhar e correr são atividades físicas desenvolvidas com mais frequência pelos idosos. Por alguns minutos com orientação de um profissional trará benefícios à respiração e agilidade do corpo. Não é necessária a definição de faixa etária para começar a correr ou caminhar, apenas oportunidade e disciplina do aposentado.

Essa prática traz muitos benefícios à saúde, pois é capaz de controlar e melhorar a circulação e respiração, além de trazer mais qualidade ao sono do idoso. Portanto, não se limite e tente!

Powered by Rock Convert

4. Dança

A dança possui muitas variações, como as clássicas ou mais populares, vai depender do gosto do aposentado. A dança é um exercício físico que pode ser desenvolvido em várias intensidades, conforme a disposição do idoso.

Ajuda a desenvolver o equilíbrio, agilidade, melhora a motivação do dia a dia, previne doenças como Alzheimer e, principalmente, permite que o idoso tenha mais interação social, diminuindo a possibilidade de desenvolver depressão. É um ótimo exercício para aposentados que desejam iniciar a nova etapa com uma rotina mais saudável.

5. Lutas

As variadas lutas podem ser praticadas por qualquer faixa etária. São indicadas para os aposentados que não gostam de atividades mais calmas e querem aprender a autodefesa e usar mais a força muscular.

Melhora o condicionando físico com a mobilidade dos braços, pernas e troncos. Ajuda na força e resistência para evitar quedas. Diminui o isolamento social com interação entre pessoas de várias idades. O diferencial dessa atividade em relação às demais é que ajuda no sistema digestivo e auxilia no combate de doenças como obesidade e diabetes.

As atividades físicas expandem a capacidade do cérebro de criar novas conexões e buscam ajudar os aposentados a melhorarem a qualidade de vida.

Gostou do conteúdo sobre exercícios para aposentados? Então continue o aprendizado e confira o post sobre quais são os direitos dos aposentados!